A ANSIEDADE do seu cão lhe causa Preocupação?

O Tutor atual deve procurar conhecimento para Educar e Sociabilizar seu cão para evitar que ele desenvolva a ansiedade

A ANSIEDADE do seu cão lhe causa preocupação?

A ansiedade do seu cão se manifesta de diversas formas e em diversas situações, hoje está cada vez mais comum o atendimento a cães com problemas vinculados à ansiedade.

O cão é um animal que preza muito por rotina e por previsibilidade, então qualquer fator, qualquer situação que traga imprevisibilidade ao ambiente gera ansiedade nele.

Por isso é tão importante fazer uma boa educação do seu cão, uma boa sociabilização do seu filhote. Porque se esta for feita com muita propriedade, com muito conhecimento, com muita empatia, você vai preparar o seu cão filhote para situações que ele vai enfrentar no cotidiano, no decorrer de sua vida. Diminuindo assim a ansiedade do seu cão e aumentando seu bem-estar e qualidade de vida!

Além da falta de educação e sociabilização, outra situação que é muito comum e que causa ansiedade no cão é a imprevisibilidade do tutor que, ora faz carinho e ora dá bronca! Ora é um porto seguro, ora um poço de insegurança e imprevisibilidade!

Outra situação também corriqueira é quanto às regras da casa que não são pensadas! Ou seja, quando o cão é filhote pode subir na cama, pular nas pessoas, brincar mordendo e quando se torna adulto, um pouco maior, que incomoda e machuca, não pode mais!

Respostas diferentes para um mesmo comportamento! Isto gera dúvida e imprevisibilidade, ou seja, ANSIEDADE!

E quando um cão fica ansioso, sai do seu equilíbrio e para voltar à sua homeostase vai fazer coisas de cachorro, como ROER, CAVAR, LATIR, UIVAR e por aí vai… E tais COMPORTAMENTOS NATURAIS expressados nos contextos que inserimos nossos cães, se tornam um problema para nós Tutores!

No cotidiano com o nosso cão existem algumas situações que normalmente causam ansiedade caso não bem trabalhadas, principalmente até o sexto mês de vida do nosso filhote! E devem ser pontos de atenção no processo de educação canina para tutores!

Abaixo cito algumas delas.

 

A Ansiedade do Seu Cão Para Receber Visitas!

Você pensa 2 vezes antes de convidar pessoas para vir a sua casa?

Lhe dá calafrios só de pensar na campainha ou interfone anunciando a chegada de visitas?

E o seu cão alucinado latindo, pulando, girando, arfando, ou seja, no pico da ansiedade?

Pois é, dá uma as duas! Ou você recebe poucas visitas em casa, ou seu cão não foi ensinado a receber visitas adequadamente!

E por mais que gostemos de cães, é constrangedor ver sua visita ser recepcionada com um pulo caloroso, latidos que mal dá para conversar. E quando a visita enfim resolve sentar o grande finale! Um pulo no colo e um lambeijo digno de cinema!!!

Resultado!

O tutor gritando com o cão sem saber onde enfiar a cara!

O cão em estado de REATIVIDADE pelo excesso de ansiedade diante da situação a qual não foi preparado para lidar!

A visita constrangida, sem saber o que fazer e tentando não ser deselegante!

No final, todo mundo fora da zona de conforto e sem aproveitar o encontro como deveria ser!

 

A Ansiedade do Seu Cão na Hora de Sair Para o Passeio!

É só você abrir aquela gaveta onde fica o equipamento de passeio do seu cão e pronto! Acabou a tranquilidade! Isto porque, além do peitoral ser um sinal discriminativo de que o passeio vai acontecer, o passeio é um dos melhores momentos do dia do seu cão.

Não bastasse isto, muita gente pra dar um tempero a mais ainda faz questão de falar: “vamos passear doguinho?” O que acaba por deixar o cão ainda mais ansioso e agitado!

E, o estado do cão é o termômetro de como será o passeio!

Aliás, o passeio começa dentro de casa!

Teu cachorro senta e aguarda para colocar o peitoral?

Aguarda você abrir a porta e sai com tranquilidade e sem atropelos?

Como é no portão que dá acesso a rua?

Um passeio bem sucedido, com tranquilidade, prazeroso e sem atropelos, começa com ações que visam acalmar o cão dentro de casa!

 

A Ansiedade do Seu Cão Durante o Passeio!

É só atravessar o “portal” que seu cão se transforma?

Eu quis dizer realmente PORTAL! Não é um erro provocado pelo corretor, eu não quis dizer “portão”!

Pois quando seu cão cruza o portão parece que entrou em outra dimensão!

Te arrasta feito um cão de trenó!

Fica o tempo todo ansioso e ofegante!

Late pra todos e pra tudo que se mova!

Enfim, o passeio dos sonhos, está virando um pesadelo!

Tais Comportamentos acontece por alguns motivos:

 

Falta de uma boa Educação e Sociabilização dos 2 aos 6 meses de vida;

Sair com o cão ansioso de dentro de casa;

Utilizar guia curta, com menos de 3 metros e dar trancos quando seu cão puxa;

Não deixar seu cão cheirar e explorar o ambiente, querendo que ele ande JUNTO a você;

Brigar com ele toda vez que late ou após uma interação mal sucedida;

Ficar no celular e não prestar atenção no seu cão;

 

Todas essas atitudes estão contribuindo para um passeio agradável e prazeroso com seu cão?

Está dando certo?

 

Pessoal, o tempo do militarismo já passou!

Os cães são Indivíduos, seres autônomos, têm vontade e necessidades próprias!

Então, se você quiser melhorar o passeio pra você e pro seu cão, se pergunte:

 

“Qual é o objetivo do meu cão durante o passeio?”

UTILIZE ISTO A SEU FAVOR!

 

Afinal, o passeio é dele!

E a sua função é protegê-lo, conduzi-lo com segurança e garantir que ele tenha acesso aos recursos que ele gosta! Ou seja, satisfazer as suas necessidades de cão!

E em contrapartida terás um passeio mais agradável com seu cão!

 

A Ansiedade do Seu Cão Quando Você Sai Pro trabalho?

Já passados aproximadamente 12 meses do início da Pandemia, é cada vez maior os casos de Ansiedade por Separação em Cães!

Eu costumo chamar estes cães de Filhos da Pandemia!

Ansiedade por Separação é um problema grave que acomete os cães que não sabem lidar com a situação de ficar sozinho!

E Por que isto está ocorrendo exatamente agora, quase 12 meses após o início da Pandemia?

No início da Pandemia muitas pessoas, por motivos diversos resolveram trazer um cão pra casa. E como a grande maioria estava trabalhando em home office, ou seja, full time em casa, durante toda infância e adolescência deste cão ele nunca ficou sozinho, nem distante do seu tutor!

O cão tem um período muito importante pra sua Educação que é o Período de Sociabilização (do 2° ao 4° mês de vida), e que coincidiu com o período da Pandemia! O que fez que além do cão ficar colado o tempo todo no seu Tutor, não conhecesse pessoas e cães suficientes!

E a soma de todos estes fatores, culminando com o seu retorno do tutor ao trabalho, ou a fazer algumas atividades do dia-a-dia, como estudar ou ir ao supermercado, expõe o cão a uma situação a qual ele não está PREPARADO!

FICAR SOZINHO!

Isto gera Medo, Dúvida e ANSIEDADE, por separação! E daí vem aquele ciclo já mencionado anteriormente, ou seja, quando um cão fica ansioso ele sai do seu Equilíbrio, e para voltar à sua homeostase vai fazer coisas de cachorro, como Roer, Cavar, Latir, Uivar e por aí vai. E assim, tais Comportamentos Naturais sendo expressados nos contextos que inserimos nossos cães, se tornam um problema para nós Tutores!

Pessoal a Ansiedade é uma realidade! Causando danos tanto em nós humanos, quanto em nossos cães. E desta forma, seja qual for a origem, a causa ou a vítima, seus efeitos causam sofrimento em todos!

Cabe a nós enquanto TUTORES procurar informação de qualidade para que tenhamos CONHECIMENTO para Educar e Sociabilizar nossos CÃES de maneira adequada. E assim, tanto eles quanto nós tenhamos mais bem-estar e qualidade de vida em nossos RELACIONAMENTOS!

Open chat
Olá, Seja Bem-vindo(a)!
Quer saber mais sobre Educação Canina?
Nos envie uma mensagem pelo WhatsApp.