Como Adaptar o Cão à Chegada do Bebê?

Como Adaptar o Cão a Chegada do Bebê? É algo indispensável para uma vida saudável e feliz!

Como Adaptar o Cão à Chegada do Bebê?

Bebê e cão é tudo de bão! Um pode tornar a vida do outro, muito mais rica e feliz! Pois ambos têm a mesma energia e sintonia! É notório que uma casa onde tem criança ou cachorro é mais cheia de vida, de emoção. Se tiver os dois então… Fortes emoções!!! kkkk…

É muito saudável para uma criança crescer na companhia de um cão. Um cão pode ensinar  uma criança sobre dividir, amizade, cuidar, parceria, resiliência e otras cositas mas… Da mesma forma que uma criança ajuda e muito a suprir as necessidades de um cão. Que é um ser cheio de energia e sempre disposto a interagir, a se divertir. Esta aí o segredo do sucesso desta parceria, a TROCA!

Mas tal parceria, tal relação, ao invés de ser este mar de alegria, aprendizado e diversão. Pode se transformar em muita dor de cabeça e estresse se não for conduzida, direcionada da maneira adequada!

 

A DESCOBERTA!

Apesar de não ser mulher e também não ter filhos, acredito que descobrir que irá ser mãe deve ser um dos momentos mais sublimes na vida de uma mulher! Um bebê muda e muito a rotina de uma casa, muda o rumo da história de uma família! E um ser que é muito impactado por estas mudanças tanto físicas, quanto emocionais e de rotina é o nosso velho e bom cão. Que muitas vezes já está na família há anos. Têm seu espaço, sua rotina, e vê tudo isto ameaçado com a chegada de um novo ser.

Mas calma que tudo pode ter um final feliz e o bebê e o cão se tornarem grandes companheiros. Você somente precisa tomar algumas medidas e conduzir este processo de adaptação da melhor forma possível. Tanto para o cão quanto para a sua família e o bebê!

 

A PREPARAÇÃO!

Para início de conversa quero lhe fazer algumas indagações:

Seu cão é sociável?

Seu cão é acostumado com crianças?

Qual é a rotina do seu cão?

E como está o relacionamento com seu cão?

Se você respondeu sim para as duas primeiras questões você está com meio caminho andado. Mas se a resposta for negativa terás um caminho um pouco mais longo e sujeito a turbulências durante o percurso!

Seja em que ponto do caminho você está o ideal é iniciar o processo de adaptação do seu cão o mais rápido possível! Tão logo você descubra a gravidez! Para que o tempo jogue a seu favor e possas fazer alguma adequação na rota se necessário.

 

A JORNADA!

Se seu cachorro não é sociável e também não está acostumado a conviver e interagir com bebês e crianças, este será o primeiro passo para o início da caminhada. Pois se seu cachorro não aprender a conviver com um bebê e todos os sons, cheiros, objetos e rotina diferentes que ele vai trazer, a convivência entre os dois será um caos, eu diria praticamente impossível de administrar.

É preciso acostumar o seu cão de forma gradativa e positiva a este universo infantil! E também a tolerar pessoas adultas. Pois com certeza você receberá bastante visitas para conhecer o novo integrante da família, não é mesmo? E não é justo que nem você que terá muito mais demandas e nem o seu cão que já tem uma rotina estabelecida, passarem por estresse toda a vez que a campainha tocar!

Em paralelo a isto é preciso fazer uma associação positiva a tudo que o bebê vai inserir de diferente na rotina atual. Sons, como choro, musicas e programas infantis, brinquedos… Movimentos e objetos, como você ninando o bebê noite à dentro, roupas, fraldas, cobertas, carrinho, brinquedos e por aí vai… O importante é sempre respeitar o ritmo e a rotina do seu cão. E isto tem muito a ver com a idade, ao que seu cão já foi exposto e como é a rotina atual de vocês.

Os cães adoram rotina, previsibilidade, isto traz equilíbrio e segurança para eles. Então vá gradativamente apresentando para ele cheirar os itens do bebê que forem chegando. Tudo isto de forma calma, sempre seguida de um carinho, um petisco, uma brincadeira, enfim, algo que o seu cão goste e queira naquele momento!

 

O ENCONTRO!

Dentro deste processo de adaptação é muito importante que você faça um planejamento para que você ajuste a rotina do seu cão e também vá aparando as arestas que existe no atual relacionamento de vocês. O cão precisa de uma rotina que supra as suas necessidades naturais, para que ele se torne um animal saudável, equilibrado e feliz!

É algo imprescindível que o apice desta adequação de rotina e relação culmine na chegada do bebê, para que o seu cão associe a chegada do novo membro da família com tudo de bom que está acontecendo na vida dele, daí para a amizade é um passo!

Mas faço uma ressalta, só institua na rotina do seu cão algo que irás conseguir manter mesmo após a chegada do bebê! Pois caso contrário a associação será extremamente negativa, ou seja, este serzinho chega e eu perco tudo o que eu tinha!

É inegável que a demanda por tarefas tanto da mãe, quanto da família aumenta significativamente com a chegada do bebê, são muitos detalhes a se pensar, fora toda a mudança emocional que ocorre durante a gestação! Então eu te aconselho fortemente e sinceramente que procure um profissional de Educação Canina para Tutores, capacitado e experiente para te ajudar nesta empreitada. Para que esta jornada de adaptação do seu cão a chegada do bebe se torne mais leve, calma e até divertida! E você possa em um futuro bem próximo ver a amizade florescer entre os seus dois filhos: o canino e o humano!

Ah! Uma última orientação! Criança e Cão somente com SUPERVISÃO! Olha, até rimou…kkkk…

Se fez sentido para você, entre em contato conosco!

Será um prazer lhe ajudar nesta jornada!

 

Escrito por: Jonas Ricardo
Revisado por: Vanessa Zampieri
Open chat
Olá, Seja Bem-vindo(a)!
Quer saber mais sobre Educação Canina?
Nos envie uma mensagem pelo WhatsApp.